PÁGINA INICIAL > ARTIGOS > As expansões dos músculos da cintura escapular para a fáscia braquial: aspectos morfológicos e disposição espacial.

The Expansions of the Pectoral Girdle Muscles onto the Brachial Fascia: Morphological Aspects and Spatial Disposition.


Carla Stecco, Andrea Porzionato, Veronica Macchi, Antonio Stecco, Enrico Vigato, Anna Parenti, Vincent Delmas, Raffaele De Caro

Resumo

OBJETIVO:
O objetivo deste estudo foi analisar as relações entre as expansões dos músculos da cintura escapular: peitoral maior, grande dorsal e deltoide; e a fáscia braquial.
MÉTODO:
Trinta espécimes de ombro de 15 cadáveres adultos não embalsamados foram estudados por dissecação, e estudo radiológicos in vivo foram realizados em 20 pacientes por meio de imagem de ressonância magnética (RM).
RESULTADOS:
A porção clavicular do músculo peitoral maior envia uma expansão fibrosa sobre a porção anterior da fáscia braquial, sua porção costal envia uma expansão para a porção medial e para o septo intermuscular medial. O músculo grande dorsal apresentou uma expansão fibrosa triangular sobre a porção posterior da fáscia braquial. A porção posterior do músculo deltoide possui fibras musculares que se inserem diretamente sobre a porção posterior da fáscia braquial, sua porção lateral sobre a porção lateral e o septo intermuscular lateral. Em imagens de RM a fáscia braquial aparece como um sinal de baixa intensidade, uma linha sinuosa de tecido conectivo, acentuadamente delineada em sequências T(1).
CONCLUSÃO:
As expansões dos músculos da cintura escapular sobre a fáscia braquial estiveram presentes em todos os sujeitos e demonstraram um percurso muito constante com uma organização espacial específica. Durante os vários movimentos do membro superior estas expansões estiram porções seletivas da fáscia braquial, com possível ativação de padrões específicos de proprioceptores fasciais.


Fonte: Cells Tissues Organs. 2008;188(3):320-9.
 





Veja mais artigos